novembro 08, 2014

Quando Estou em Oração


Quando estou em oração
Minh'alma qual uma flor
Desabrocha e se inclina
Diante do Criador
A Ele canta louvores
Exala sutis olores
Sente a presença do Amor.

Quando estou em oração
Não há erro nem há verdade
Apenas um fio de luz
De rara preciosidade
Ponte sutil em construção
Revela ao meu coração
As nuances da Verdade!

*soninha*

2 comentários:

Roselia Bezerra disse...

Olá, querida Soninha
Muito bonito!!!
Deus é Poeta!!!
Bjm fraterno e ótimo fim de Domingo!

Edumanes disse...

Nas tuas lides diárias!
lindos poemas como esse
para ler nessas páginas
da história os escreveste.

Boa terça-feira, um abraço.
Eduardo.