setembro 04, 2014

Poesia


Alguns dizem que a poesia
é a expressão da alma.
Eu digo que é muito mais:
"é riso que nos acalma
ou pranto que nos derruba
é da vitória, a palma!"

Quando a alma se retrai
para as belezas da vida,
dela não brota a poesia
mas uma grande ferida;
que sangra todos os dias
até a vida ser consumida!

*soninha*

3 comentários:

Roselia Bezerra disse...

Olá, querida Soninha
A poesia é um grande álibi...
Bjm fraterno

António Jesus Batalha disse...

Passei e encontrei o seu blog, estive a ver e ler algumas coisas, não li muito, porque espero voltar mais algumas vezes,
mas deu para ver a sua dedicação e sempre a prendemos ao ler blogs como o seu.
Se me der a honra de visitar e ler algumas coisas no Peregrino e servo ficarei radiante,e se desejar fazer parte de meus amigos virtuais, esteja à vontade, irei retribuir.
Mas por favor não se sinta coagido, siga apenas se desejar. deixo a benção de Deus.
António.
http://peregrinoeservoantoniobatalha.blogspot.pt/

Roselia Bezerra disse...

Olá, queria Soninha
Só uma poeta entende outra poeta... rs...
Bjm fraterno e ficou linda!!!