junho 28, 2011

Do Seio da Terra


O grito
do pai desolado
desempregado
esfaimado
que brada e
chora quando vê
a sua prole
que não come
não sorri
e não lê
Do seio da Terra
a morte
dos sem tetos
e sem sorte!

abçs

Um comentário:

✿ chica disse...

Muito lindo,Soninha!beijos,chica